Quantos passaram por aqui:

quarta-feira, abril 06, 2011

*Veneno


Que coisa é esta que acontece
se nem sei quem é você
Você foi só um olhar.
Ponto.
e não consigo te esquecer.

Que coisa é esta que acontece
Alguma coisa aconteceu
saiu do teu corpo um veneno
Envenenou o corpo meu

Que coisa estranha esta que acontece
Que reviravolta o corpo meu
Será que  é seu veneno que mexe
Fazendo efeito no corpo meu ?

Me dê então um antídoto
Cure este corpo meu
Sei que tens o antídoto
e sei que esta guardado
Nesse lábios teu.
*n52

(Solange Menezes)

3 comentários:

  1. "do simples ".",
    "surgem "..."
    "porque interromper com antídoto ?

    ResponderExcluir
  2. Amor e veneno,do qual precisamos mais ,eles as vezes se confunde... ADOREI!

    ResponderExcluir